Confira o nome dos homenageados do São João 2019 da Cidade de Caruaru

155
Foto: Reprodução

Sebastião Biano – Único integrante vivo da original Banda de Pífanos de Caruaru, ele completa 100 anos no dia 23 de junho, véspera do dia de São João. Aprendeu a tocar pífano aos cinco anos e, ainda criança, tocou para Lampião. Na década de 70, o som da Banda de Pífanos foi apresentado a Gilberto Gil, que usou a composição instrumental “Pipoca Moderna”, de Sebastião, para o álbum de 1972.

Marlene do Forró – Marlene do Forró é uma autêntica artista caruaruense. Irreverente, canta vários ritmos para agradar seus fãs, mas é no chamado “forró de raiz” onde mostra todo seu esplendor. Com quase 20 anos de carreira e devoção à música nordestina, Marlene é conhecida por sua energia quando sobe ao palco e pela dedicação aos ritmos nordestinos, principalmente o forró, levando-o até no nome.

Severino Vitalino (in memorian) – O artesão Severino Vitalino nasceu no Sítio Campos, na zona rural de Caruaru, e ainda criança mudou-se com a família para o Alto do Moura. Lá viveu até seu falecimento, no dia 7 de janeiro de 2019, aos 78 anos de idade. Severino é filho do Mestre Vitalino e era continuador de sua obra e estilo. Na Casa Museu Mestre Vitalino moldava e vendia suas peças, sempre rememorando com alegria os saudosos tempos em que seu pai estava vivo.

Fogueteiro Manoel Mamoca (in memorian) – Manoel Bezerra da Silva (1905-1965) chegou em Caruaru na década de 1920 e trouxe consigo a base do artesanato de fogos de artifício, sendo especialista na manufatura de bombas de pavio, chuveirinhos, foguetões, vira-serra e meia-salva. Tradicionalmente era sua a apresentação do espetáculo pirotécnico do réveillon (no Monte do Bom Jesus e sobre o telhado da Igreja da Conceição) durante décadas.

Marrone do Palhoção – Italiano, chegou a Caruaru após passar pelo Rio de Janeiro e Salvador. Na década de 60, começou o Palhoção do Bairro Petrópolis, trazendo artistas famosos como Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Trio Nordestino e Marinês.

Deixe seu Comentário!